domingo, 23 de abril de 2017

#52semanasdegratidão 16



















Lagoa do Meio




A Bela e a Fera







Meu retrato de felicidade...






Há dez anos me fazendo a vovó mais feliz do mundo...



Você é meu sorriso mais alegre há dez anos...



Smurfs









Feita pela filha...


Quitutes Pascais...




Depois da escola, uma boa diversão...




Brincadeira de criança...
Como é bom!


Brincando de Hulk...


Alegria, enfim!
Junto deles, eu sou feliz...


Meu retiro de Semana Santa:











Jesus ressurgiu verdadeiramente, aleluia!






Chegou a Páscoa, aleluia!



Páscoa do Senhor


Percorrer muitas estradas, voltar para casa e olhar tudo como se fosse pela primeira vez.
(Paulo Coelho)


sábado, 1 de abril de 2017

#52semanasdegratidão 10


Começo a postagem com um texto que publiquei aqui:


EM PRINCÍPIO, EU VIA DEUS COMO UM OBSERVADOR, UM JUIZ QUE NÃO PERDIA DE VISTA AS COISAS ERRADAS QUE EU FAZIA. DESSE MODO, QUANDO EU MORRESSE, ELE SABERIA SE EU MERECIA IR PARA O CÉU OU PARA O INFERNO. ELE ESTAVA SEMPRE LÁ, COMO UM PRESIDENTE. EU RECONHECIA A IMAGEM DELE QUANDO A VIA, MAS NÃO O CONHECIA DE VERDADE.
MAIS TARDE, QUANDO EU O CONHECI MELHOR, PARECEU QUE A VIDA ERA COMO UM PASSEIO DE BICICLETA PARA DUAS PESSOAS E PERCEBI QUE DEUS ESTAVA NO BANCO DE TRÁS, ME AJUDANDO A PEDALAR.
NÃO ME LEMBRO QUANDO ELE SUGERIU QUE TROCÁSSEMOS DE LUGAR, E A VIDA NÃO FOI A MESMA DESDE ENTÃO... QUANDO EU DETINHA O CONTROLE, SABIA O CAMINHO. ERA PREVISÍVEL - SEMPRE A DISTÂNCIA MAIS CURTA ENTRE DOIS PONTOS. MAS QUANDO DEUS ASSUMIU A LIDERANÇA (ELE CONHECIA ATALHOS MARAVILHOSOS), PASSEI A SUBIR MONTANHAS E ATRAVESSAR TERRENOS PEDREGOSOS EM VELOCIDADE VERTIGINOSA! TUDO QUE EU PODIA FAZER ERA SEGUIR EM FRENTE!
EU FICAVA PREOCUPADO E ANSIOSO, E PERGUNTAVA:
"PARA ONDE O SENHOR ESTÁ ME LEVANDO"?
E DEUS NÃO ME DAVA RESPOSTA E EU ME VI COMEÇANDO A CONFIAR NELE.
QUANDO DIZIA QUE ESTAVA ASSUSTADO, ELE VIRAVA-SE PARA TRÁS E TOCAVA MINHA MÃO. DEUS LEVOU-ME ATÉ PESSOAS COM DONS DE QUE EU PRECISAVA; DONS DA ACEITAÇÃO E DA ALEGRIA. ESSAS PESSOAS DERAM-ME AJUDA PARA PROSSEGUIR NA MINHA JORNADA. ISTO É, NOSSA JORNADA, DE DEUS E MINHA. E NÓS PARTIMOS NOVAMENTE. DEUS DISSE-ME: "DESFAÇA-SE DOS DONS, SÃO BAGAGEM EXTRA, PESAM". ENTÃO DESCOBRI QUE QUANTO MAIS EU OS DAVA, MAIS EU RECEBIA! E, ALÉM DISSO, O MEU FARDO FICAVA MAIS LEVE!
MAS O SENHOR CONHECIA OS "SEGREDOS" DA BICICLETA, SABIA COMO INCLINÁ-LA PARA FAZER CURVAS FECHADAS, PULAR PARA EVITAR LUGARES CHEIOS DE PEDRAS, AUMENTAR A VELOCIDADE PARA ENCURTAR OS CAMINHOS DIFÍCEIS. TAMBÉM ESTOU APRENDENDO A CALAR-ME E PEDALAR NOS LUGARES MAIS COMPLICADOS. APRENDI A APRECIAR A PAISAGEM E A BRISA FRESCA EM MEU ROSTO COM O MEU ÓTIMO E CONSTANTE COMPANHEIRO, JESUS CRISTO.
E QUANDO ESTOU CERTO DE QUE NÃO POSSO MAIS SEGUIR EM FRENTE, ELE APENAS SORRI E DIZ: "PEDALE"!

Décima semana de muita gratidão pelos momentos que vivi como vovó feliz ao lado dos meus netinhos amados...


Sempre ao meu mundo e ao meu coração, meus lindinhos da vó!






Nos esbaldamos no Shopping na sessão de brinquedos... experimentando e sonhando... Haja paciência, muita calma nessa hora!
Até o próximo feriadão, meus amores!

Agradeço muito a Deus também pelo meu retorno ao lar depois de mais um mês de férias... com familiares...
Agora, o ano começou para mim e já tive ensaio do coral da Terceira Idade e apresentação pelo dia internacional da mulher...


Primeira participação:


Segunda participação:


Terceira participação:


Quarta participação:



Quinta  participação:


Sexta participação:



Sétima participação:


Oitava participação:


Nona participação:




Décima participação:



Meu netinho caçula é muito agarradinho a mim e choramos de emoção bem juntinhos... com o vídeo abaixo:


Ele me disse:
- Vovó, eu preciso tirar toda essa água que tem nos meus olhos... 
(saudade de mim pois as férias se acabaram)...



sexta-feira, 10 de março de 2017

5 Aninhos do Netinho do Caçula

  

Apenas brincando              



Quando estou construindo com blocos no quarto de brinquedos,

Por favor, não diga que estou apenas brincando,
Porque enquanto brinco, estou aprendendo sobre equilíbrio e formas.
Quando estou me fantasiando, arrumando a mesa e cuidando das bonecas. Por favor, não me deixe ouvir você dizer ela está apenas brincando. Porque enquanto eu brinco, eu aprendo.
Eu posso ser mãe ou pai algum dia. Quando estou pintando até os cotovelos,ou de pé diante do cavalete, ou modelando argila,
Por favor, não diga que estou apenas brincando. Porque enquanto eu brinco, eu aprendo. Estou expressando e criando. Eu posso ser artista ou inventor algum dia. Quando estou entretido com um quebra-cabeça ou com algum brinquedo na escola, por favor, não sinta que é um tempo perdido com brincadeiras. Porque enquanto brinco, estou aprendendo. Estou aprendendo a me concentrar e resolver problemas. Eu posso estar numa empresa algum dia. Quando você me vê aprendendo, cozinhando ou experimentando alimentos.
Por favor, não pense que porque me divirto, é apenas uma brincadeira.
Eu estou aprendendo a seguir instruções e perceber as diferenças.Eu posso ser um chefe algum dia. Quando você me vê aprendendo a  pular, saltar, correr e movimentar meu corpo, por favor, não diga que estou apenas brincando. Eu estou aprendendo como meu corpo     
 funciona. Eu posso ser um médico, enfermeiro ou um atleta algum 
 dia. Quando você me pergunta o que fiz na escola hoje.



 E eu  digo:  eu brinquei.  Por favor, não me entenda mal.
 Por que enquanto eu brinco, estou aprendendo.
 Estou aprendendo a ter prazer e ser bem sucedido no trabalho.
 Eu estou me preparando para o amanhã.
 Hoje, eu sou uma criança e meu trabalho é brincar.
( Anita wadley  )




O blog foi transformado em livro e assim, louvo a Deus por ter-me permitido anotar tantas pérolas dos netinhos até aqui...


A mãe amorosa não vive para si, mas para seus filhos. Ela suporta as doenças dos enfermos com amor; limpa os que estão sujos, lava-os docemente, calmamente; veste-os com roupas limpas e novas; calça-os, aquece-os; alimenta-os e procura rodeá-los de tal modo a fim de jamais ouvir deles a menor queixa. Tais filhos são apegados à sua mãe.

(Instruções Espirituais- Serafim de Sarov)


Perguntaram a uma menina de nove anos o que ela gostaria de ser quando crescesse. Ela respondeu:

— Eu gostaria de ser avó! Ao ser interrogada sobre o porquê dessa idéia, ela completou:

— Porque os avós escutam, compreendem. E, além do mais, a família se reúne inteirinha na casa deles.

E a menina continuou:

— Uma avó é uma mulher velhinha que não tem filhos. Ela gosta dos filhos dos outros. Um avô leva os meninos para passear e conversa com eles sobre pescaria e outros assuntos parecidos. Os avós não fazem nada e por isso podem ficar mais tempo com a gente. Como eles são velhinhos, não conseguem rolar pelo chão ou correr. Mas não faz mal. Levam a gente ao shopping e nos deixam olhar as vitrines até cansar. Na casa deles tem sempre um vidro com balas e uma lata cheia de suspiros. Eles contam histórias de nosso pai ou nossa mãe, de quando eram pequenos, histórias da Bíblia, histórias de uns livros bem velhos com umas figuras lindas. Passeiam conosco, mostrando as flores, ensinando seus nomes, fazendo-nos sentir seu perfume.

— Avós nunca dizem "depressa, já pra cama!" ou "se não fizer logo, vai ficar de castigo!" Quase todos usam óculos e eu já vi uns tirando os dentes e as gengivas. Quando a gente faz uma pergunta, os avós não dizem: "menino, não vê que estou ocupado?" Eles param, pensam e respondem de um jeito que a gente entende. Os avós sabem um bocado de coisas. Eles não falam com a gente como se nós fôssemos bobos. Nem se referem a nós com expressões tipo "que gracinha!", como fazem algumas visitas.

— O colo dos avós é quente e fofinho, bom de a gente sentar quando está triste. Todo mundo deveria tentar ter um avô ou uma avó, porque são os únicos adultos que têm tempo para nós.


https://www.widbook.com/ebook/era-uma-vez3


domingo, 5 de março de 2017

Alegria na Velhice



Ao meu mundo, que é todo de vocês que o colorem com as cores do amor...

































Brincando no hipermercado...


Nosso lanche preferido:pastel de queijo...




Foram doces momentos de ternura onde pude me abastecer para o que haverá de vir... Um banho em dose exagerada de alegria sem preço...

Momentos inesquecíveis de extrema doçura...
Teve muito geladinho para espantar o calorão que faz aqui no ES...
Teve filmes, DVD, sorrisos, brincadeiras e até festival de pipoca...
Tudo a tempo e a hora para a mãe descansar um pouco...
Comidas preferidas, bolinho de chuva, panqueca de banana...
Sonho de doce de leite...
Vasquinha de chocolate no Shopping...
Teve historinhas, risos e choros já de saudade e de ambas as partes...
A música que marcou nossos dias de férias (netinho caçula chorou na escola porque havia ido eu para o retiro e fui embora... chorou no sítio na casa dos outros avós pelo mesmo motivo):


https://youtu.be/niX6y5v3DPE