domingo, 17 de janeiro de 2016

Avós Ainda Jovens



As avós, hoje, são muito jovens, bonitas, cheias de vida.
Se, por um lado, isso facilita o relacionamento com os netos, aproximando as gerações, por outro, tem o perigo  do egoísmo da missão cumprida, da agitação da vida social e de se entregarem  às obras de benemerência.... aos cursos intelectualizados. Não voltemos a época das avós fazendo crochê, mas compreendamos que, no equilíbrio das atitudes, no justo meio, está o caminho certo, e procuremos dar a cada atividade o lugar merecido.


A avó, consciente da sua missão que recomeça, tem de estar disponível a todos, não exclusivamente para trabalhos materiais, mas sobretudo para transmitir a orientação certa, amparando os que vacilam, levantando os que erram, consolando os que sofrem.


É mãe duas vezes, extraordinariamente presente e atenta na hora que se faz necessária, enxugando lágrimas escondidas, sorrindo para que as tristezas se transformem em alegrias, transmitindo a todos que a rodeiam, a fé vivida na certeza do Caminho.



-Vovó, por que você não mora aqui?
-Porque a vovó mora noutro Estado... Você entende, meu bebê?
-Entendo sim, vovó!


- Vovó, eu tenho duas notícias para te dar...
-Qual você quer ouvir primeiro?
-A boa ou a má?
Se eu disser a boa de uma  vez, ele aceita bem mas se repetir da segunda vez a mesma resposta , ele me contesta:
-Vovó, agora ouve a  má primeiro..
e vive versa...

-Vovó, você é professora, então tem que saber:
-Por que a vaca faz mu?

(Sai dessa!)


- Vovó, eu queria que você ficasse aqui quarenta dias... 
(a cada dia aumenta a sua matemática e ele entende mais de números de dias)...
- Por que você não fica, vovó?

-Vovó, Bom Dia! O sol já está lá fora... Prepara o meu café da manhã?
- Vovó, me dá o meu sucrilho? (me acorda se estiver dormindo mas quer que eu seja  a que lhe prepara...
-Vovó, o meu Kinder ovo? (após o almoço)...

-Vovó, o meu pirulito azul (depois do jantar)...


-Vovó, eu queria que o meu pai fosse rico...
-Por  que, meu lindinho?
-Para comprar os brinquedos para mim...
-Mas a vovó não compra muitos brinquedos para você também?
-Mas eu não queria que você gastasse o seu dinheiro, vovó...


-Meu lindinho, você está animado?
-Eu to sim, vovó, sabe por que?
-Porque você vai chegar!





Um comentário:

  1. Bom dia Rosélia,
    Ser Vó uma bênção! Na verdade há uma nova geração de avós e como diz no meio está a virtude no que respeita ao modo como se verifica a interacção com eles.
    Os seus netinhos são lindos e muito amorosos e ficarão com valores e referências que lhe for transmitindo para a vida!
    Cada vez mais importante no mundo actual a participação dos avós na vida dos netos.
    Um beijinho e muitas felicidades para si e seus netinhos.
    Ailime

    ResponderExcluir