quarta-feira, 9 de julho de 2014

Pérolas do Netinho Amado - Feliz Aniversário, meu Lindinho!




-Vovó, quando você for ficar triste lembre-se de mim, tá, vovó?



-"Vovó, você tá chegando?"

-"Ela tá vindo, vovó tá vindo..."


-Vovó, me leva no pula pula?


- Vovó, compra um Mac feliz pra mim?

-Vovó, vamos brincar de escolinha?

-"Tem que tirar o foto primeiro, , vovó"?

-Vovó, conta historinha, conta!

-Vamos no balancinho, vovó... fazer "vumvum"...




"vovó, eu quero que você more aqui pra sempre na minha casa"...

"vovó, eu juro, eu prometo... que nunca vou fazer nenhum mal pra você"...

"vovó, minha lindinha!"

"agora eu tenho uma vovó p'ra cuidar de mim"...




Brincando com a vó no karaokê...

Mãe, tios se divertem com o sobrinho, alegria da nossa vida...


Ele gosta de brincar em todos as possibilidades...

Família que brinca unida, permanece unida...


E ele martela mesmo...



Tem o coração ainda infantil...


Gosta de brincar...


Mas quando encontra um livro infantil... aí a sua atenção fica presa...


Folheia para cá e para lá...


Gastando energia...


E vai subindo o pequeno levadinho...


Para para uma pausa nos brinquedos...


Experimenta tudo que pode...


Volta a matar os bichinhos...


Passeia de táxi com a vó...


Saindo de casa pra se divertir no Domingo...



Meu xodó!!!


Todo posudo...

Ele me disse numa noite destas:


-Vovó, já pensou se você não fosse a minha vovó?

-Ainda bem que é...

-Se viesse outro menino pedir para você ser a avó dele eu ia dizer: Cai fora!




Todo bobo, ele disse para os amiguinhos da escola:
-Minha avó vai me dar uma roupa do Hood...

Olhem só o nosso último diálogo:
O pequeno lindo fez emocionar-me quando retornei com a toalha e ele estava com as duas mãozinhas postas (em forma de oração) no box... à minha espera e dizendo baixinho:
-Que bom, Papai do Céu, por ter uma vovó que me dá banho!

Quando ganha um presente meu, antes de abrir:
"Tem que tirar o foto primeiro, ,vovó"?

Quando eu lhe pedi que pegasse algo em mina bolsa ele veio com um envelope com minhas passagens para as futuras  próximas viagens... eu lhe disse:
-Cuidado, meu querido, se eu perder, eu não posso mais viajar...
Ele logo retrucou:
-Viva! Oba! Parabéns!
Sempre insiste que deseja que eu more com ele...


Num supermercado próximo da sua residência, ele, no carrinho, viu um corte de boi enorme e com os olhinhos tristes me disse:
-Por que isso, vovó?
-Tem que ser assim?
-O quê,  meu amor?
-Essa crueldade com os bichinhos?



-Vovó, o seu cartão tá liberado?
(para eu comprar o seu presente, no Shopping na chegada do aeroporto)

-Eu to orgulhoso de você, vovó!

Ajoelhado no box, com as mãozinhas postas:
-Papai do Céu, obrigado por me dar uma vovó que me dá banho e cuida de mim!


Nosso último diálogo:
-Vovó, conta história para mim?
Sim, meu amor... e me punha a contar...
Então, ele, afoito, fazia um final feliz e diferente para cada historinha tradicional como os Três Porquinhos e a do Lobo Mau que todos conhecemos...
Inclusive, temos a nossa particular do Lobo Bom que só comia bombom...



-Vovó, sabe que no outro dia eu falei pro meu boneco (Ben 10):
-Que bom a vovó veio!
-Vovó, eu falei pro meu carrinho que tava com saudade de você...
(combinamos que ele falaria com o carinho novo do hot wheel  ( o do Batman) que lhe dei para a nova coleção)...




Sempre levo pirulito azul para ele (seu preferido) e ele mostrou a língua azul para os seus coleguinhas da escola e um deles perguntou quem  lhe havia dado e, depois dele dizer: 
- Foi a vovó que me deu...
Acrescentou todo bobo:
- A vovó é muito bacana...

-Vovó, eu sinto uma coisa só de ver o trenzinho... eu fico emocionado quando você me leva!


-Não fala em ir embora que eu fico assim... (me cutucou e mostrou-me os olhinhos marejados... coitadinho!)


-Vovó, eu ganhei presentes maravilhosos no Dia da criança!
(trazido da Bolívia pela vovó)

Netinhos na casa da avó
É um sonho realizado...
Sabem o sabor que tem um sonho?
É tudo de melhor que Deus pode nos dar...

Dos presentes ao colinho
Dos carinhos aos coraçõezinhos feito com as mãozinha ao ar...
Na hora de dormir, à noite,
Despedindo-se à porta do quarto...


-Compra pra mim, vovó?

Fato curioso:
Meu netinho de 4 aninhos está apaixonado pela Gabriela...
Pediu à mãe que lhe comprasse uma rosa pra levar pra escolinha
Chegando lá a tia lhe perguntou porque queria dar uma flor para a Gabi
E ele disse firmemente: "-porque estou apaixonado por ela"
Então a mãe do meu romântico netinho convidou a "nora" (com 4 aninhos igualmente) com a sua respectiva mãe para virem à casa brincar um pouco...
Ele me disse ao telefone depois:"-Vovó, arrumei o meu quartinho todo ontem quando veio a Gabriela"...
Todo orgulhoso e feliz...
Viva o amor puro e inocente!
Expressão do coração terno de uma linda criança enamorada pela primeira vez
(antes era segredo meu e dele mas acabou que contou aos pais, claro!)
Mas querem ver algo ainda mais lindo???
Pois pasmem!
Eu lhe perguntei marotamente:
-Você já deu um beijo de namorado nela?
Ele me disse, olhando-me nos olhos:
"-Não, vovó, só quando eu for grande!"



-Vovó, eu fico feliz aqui... eu fico MUITO feliz... Você está feliz, vovó? Eu também!


-"EU TO GUARDANDO VOCÊ NO MEU CORAÇÃO, VOVÓ"...
(Por celular um pouco antes da chegada)

- "PAPAI DO CÉU VAI FICAR ORGULHOSO PORQUE EU DEI UM BEIJO NO FILHO DELE"...
(Após celebração da Adoração da Cruz)

- "EU PENSO EM VOCÊ TODO O DIA, VOVÓ"...
(Na véspera da despedida)

-"VOVÓ, POR QUE A GENTE TEM QUE IR TÃO CEDO?"
(Não gosta de voltar)



-"EU ESTOU APRENDENDO A OBEDECER A DEUS, VOVÓ"...
(vendo um DVD religioso em seu quartinho)

-Vovó, que  pena eu não ter asas!
-Por que,  meu benzinho???
-Para eu ir voando até a sua casa logo... toda vez que eu quiser... Que pena!

-Mora, comigo, vovó?!
Traz a sua mudança...
Pede o tio pra trazer...
Você já veio e pronto!

-Vou levar uma flor pra Gabi...
(amiguinha do colégio)
Claro, vovó, mulher adora flor!

-Eu gosto de você, vovó!
(fez um coraçãozinho com as duas mãozinhas)

-Eu não sou o seu comandante, vovó?
(pelas brincadeiras que fazemos)
Então pronto!Você mora comigo...



-Eu não quero que você vá embora,vovó...
Vai demorar ainda???

-Conta uma historinha pra mim, vovó...
Fala assim: 
-Como eu ia dizendo...
(eu repetia muito  o "aí."..)


-Vou sentir muita saudade de você, vovó...

-Não chora não, vovó...

-Eu to aqui com você e você vai me ver sempre...

-Se você chorar, eu vou chorar também...





Nosso último diálogo ao celular:
-Como você está, meu amor?
-Eu estou bem, vovó!
-Está tudo bem mesmo?
-Eu estou muito bem,vovó...
-O que você está fazendo, meu anjinho adorado?
-Estou brincando de massinha...
-O que você fez?
-Eu fiz uma árvore e uma montanha...
-Sabe o que eu queria mesmo, vovó?
-O que, meu adoradinho?
-Que você me balançasse, vovó...
-Ah! Que bom seria!
(dei-lhe um balancinho que ele adora que eu o lance bem alto)


"Eu gosto de te ver todo dia, vovó"...
"Eu te amo, vovó!"
"Eu não queria ir embora... por que tenho que ir?"
"Eu queria ficar mais um pouquinho"...


- Foi a vovó que me deu...
Acrescentou todo bobo:
- A vovó é muito bacana...

-Vovó, o seu cartão tá liberado?
(para eu comprar o seu presente, no Shopping na chegada do aeroporto)

-Eu to orgulhoso de você, vovó!


-Vovó, conta uma historinha para mim?
Eu lhe respondi:
_Meu benzinho, vovó está saindo do Hospital agorinha (estava internada)... estou tão cansadinha...
Ele, na hora, sem pestanejar, me contestou:
-Vovó, VOCÊ CONSEGUE!



-"EU TO GUARDANDO VOCÊ NO MEU CORAÇÃO, VOVÓ"...
(por celular um pouco antes da chegada)

- "PAPAI DO CÉU VAI FICAR ORGULHOSO PORQUE EU DEI UM BEIJO NO FILHO DELE"...
(após celebração da Adoração da Cruz)

- "EU PENSO EM VOCÊ TODO O DIA, VOVÓ"...
(na véspera da despedida)

-"VOVÓ, POR QUE A GENTE TEM QUE IR TÃO CEDO?"
(não gosta de voltar)
-Vovó, os índios não têm outro jeito senão caçar para sobreviver... Eu nunca vou matar nenhum animalzinho, vovó.


-Você sou eu, vovó... e eu sou você...
-Você nunca vai morrer, vovó...
-Você jura que nunca vai morrer???
Olhos lacrimejantes... e eu a morrer de dó...
Lhe disse assim:- vai demorar, meu lindinho...
Me lambeu meu pé na cama como se fosse um gatinho...


 -A vovó não é velha...

-EU VOU CUIDAR DE VOCÊ, VOVÓ... quando eu crescer...

-Vovó, você tá vindo?

-Por que você ainda não veio?

Ajoelhado no box, com as mãozinhas postas:
-Papai do Céu, obrigado por me dar uma vovó que me dá banho e cuida de mim!


Todo bobo, ele disse para os amiguinhos da escola:
-Minha avó vai me dar uma roupa do Hood...


-Vovó, eu sinto uma coisa só de ver o trenzinho... eu fico emocionado quando você me leva!


-Vovó, eu ganhei presentes maravilhosos no Dia da criança!
(trazido da Bolívia pela vovó)
-Vovó, você não vai embora, eu vou te trancar!

-Não fala em ir embora que eu fico assim... (me cutucou e mostrou-me os olhinhos marejados... coitadinho!)


- Vovó, eu queria que você ficasse aqui quarenta dias... 
(a cada dia aumenta a sua matemática e ele entende mais de números de dias)...
- Por que você não fica, vovó?

-Vovó, Bom Dia!!! O sol já está lá fora... Prepara o meu café da manhã?
- Vovó, me dá o meu sucrilho? (me acorda se estiver dormindo mas quer que eu seja  a que lhe prepara...
-Vovó, o meu Kinder ovo??? (após o almoço)...

-Vovó, o meu pirulito azul (depois do jantar)...

-Vovó, eu queria que o meu pai fosse rico...
-Por  que, meu lindinho?
-Para comprar os brinquedos para mim...
-Mas a vovó não compra muitos brinquedos para você também?
-Mas eu não queria que você gastasse o seu dinheiro, vovó...

-Meu lindinho, você está animado?
-Eu to sim, vovó, sabe por que?
-Porque você vai chegar!


-Vovó, você tá vindo?
-Por que você ainda não veio?


-Oi,vovó, que saudade!
- Vovó, desenhei minha família e  o papel não deu pra colocar você como uma fada... bem grande...
- Vovó, eu sentia saudade quando dormia com a mamãe  e queria dormir com você também...





-Vamos brincar de cabaninha, vovó?

-Que noite maravilhosa, vovó!
(Comendo pipoca e vendo DVD)


-Vovó, quando você for ficar triste lembre-se de mim, tá, vovó?


-Eu te amo, vovó!




-"Vovó, eu não queria ter outra vovó... Eu quero você"...
-"Eu sou a alegria da sua vida, né, vovó?"

-Ela é a minha vovó...


-"vovó, eu queio que você fica aqui  sempi."...

-Vovó, por que você não mora aqui?
-Porque a vovó mora noutro Estado... Você entende, meu bebê?
-Entendo sim, vovó!!!


- Vovó, eu tenho duas notícias para te dar...
-Qual você quer ouvir primeiro?
-A boa ou a má?
Se eu disser a boa de uma  vez, ele aceita bem mas se repetir da segunda vez a mesma resposta , ele me contesta:
-Vovó, agora ouve a  má primeiro..
e vive versa...

-Vovó, você é professora, então tem que saber:
-Por que a vaca faz mu?

"-EU VOLTO, VOVÓ"...

"-Vovó, pode não adiantar pra ninguém mas pra mim sim"...


- Vovó, eu queria que você ficasse aqui quarenta dias... 
(a cada dia aumenta a sua matemática e ele entende mais de números de dias)...
- Por que você não fica, vovó?

-Vovó, eu quero que você fique aqui em casa 5.000 dias...


-Vovó, Bom Dia! O sol já está lá fora... Prepara o meu café da manhã?
- Vovó, me dá o meu sucrilho? (me acorda se estiver dormindo mas quer que eu seja  a que lhe prepara...
-Vovó, o meu Kinder ovo? (após o almoço)...

-Vovó, o meu pirulito azul (depois do jantar)...
-Vovó, eu queria que o meu pai fosse rico...
-Por  que, meu lindinho???
-Para comprar os brinquedos para mim...
-Mas a vovó não compra muitos brinquedos para você também?
-Mas eu não queria que você gastasse o seu dinheiro, vovó...


-Meu lindinho, você está animado?
-Eu to sim, vovó, sabe por quê???
-Porque você vai chegar!!!

-Lembra que você disse para a vovó assim, meu amor?


-POR VOCÊ EU FARIA QUALQUER COISA?



-Lembro, vovó...

E você me deu um beijinho no dedo que foi destroncado para segurar o seu irmãozinho que quase levou um tombo...

-Vovó, você que eu faço isso de novo?

-Tempo de silêncio...

-Pronto, vovó!!! Já fiz...

Agora vai passar toda dor que ainda tem...

Também em outro momento, enquanto ele estava colorindo um livro de história que lhe havia trazido de BH com ilustrações bíblicas, me disse com certeza do que falava:

-Vovó, se aqui tá dizendo que com Deus nada tememos... eu não preciso ter medo do escuro quando estiver de noite, né...


Por telefone, o denguinho da vó me diz:
-Eu me lembro de você quando vou no Shopping, vovó...
-Eu queria que você viesse aqui...
-No jogo eu ganhei poder... eu tenho esse poder de jogar e conversar com você... rs...
-Eu choro de saudade de você, meu benzinho... digo-lhe eu e ele retruca: -Eu também!
-Queria ter uma asa bem grande pra voar praí...

-Vovó, eu até chorei de tanta saudade de você noutro dia...
-Queria ter asas pra voar praí...
-Se você tivesse asas, vovó, você podia vir me ver agora...
-Quando eu vou ao Shopping eu penso logo em você, vovó, e sinto tanta saudade...


-Vovó, tá chegando o  dia do meu aniversário... eu gosto tanto!!!
-Por que, meu anjinho?
- Pra ganhar muito presente...
-Eu te amo, vovó!

-Hoje é o dia mais feliz da minha  vida, vovó!

-Vovó, compra um sorvetinho de banana?

-Você sou eu, vovó... e eu sou você...
-Você nunca vai morrer, vovó...
-Você jura que nunca vai morrer?


-A vovó não é velha...

-EU VOU CUIDAR DE VOCÊ, VOVÓ... quando eu crescer...

-Um beijo do tamanho do sol, vovó...

-Vamos  juntos até a Rodoviária, vovó (me sugerindo carona)? -Boa viagem pra você também, vovó!
(Me disse, ao celular, quando se foi d acasa da bisa e eu vim par o RJ de volta ao lar)


Fazer aniversário é bom demais!!
O sorriso inunda o nosso ser...
Os corações ficam acalentados
Quando não são pequenos...


Ganhar mimos e carinhos
O sonho preferido vem de encontro a nós...
O coração exulta com tanta gentileza...

Vovó faz bolo, docinhos e tem até queijadinha...

O importante é o amor que nos une
E será eterno
Não somente enquanto dure...

Fotos e mais fotos
Como se a memória fosse apagar tais registros do âmago do nosso ser...

Um homenzinho que nasce no mesmo mês que eu...
Para dar mais sentido ao que por si só é tão bonito...

A esperança é tão verdinha...
Nunca há de morrer...

Ele se veste como um princepezinho...


À tardinha passeamos
E a mim fica recostadinho
Tão docinho esse meu gostosinho...

Não tardará muito e logo ficará um rapaz...
Nos restará as fotos, certamente...
E o amor a entrelaçar os nossos corações tão aquecidos há 4 aninhos, não mais...

Olhem que pose de rapazinho
Isso dará um trabalho que só!

Mas, por ora, é tão inocente e fofinho
E o xodó da vovó...

Isso quebra o gelo de qualquer coração endurecido...


E me emprestou o netinho um pouco para eu ser bem mais feliz em alguns momentos...

Fugiu do Céu um anjinho
Depois não quis mais voltar
Encontrou tanto carinho
Que aqui resolveu ficar...

Um comentário:

  1. Ai Roselia! Seu netinho é mesmo uma anjo! Ri e chorei de emoção com as conversas de vcs! Felicidades a ele e que Deus abençoe! bjs,

    ResponderExcluir