sábado, 26 de julho de 2014

Dia da Vovó - Meu dia




A avó

A avó, que  tem oitenta anos,
Está tão fraca e velhinha!
Teve tantos desenganos!
Ficou branquinha, branquinha,
Com os desgostos humanos.

Hoje, na sua cadeira,
Repousa, pálida e fria,
Depois de tanta canseira:
E cochila a noite inteira.

Às vezes, porém, o bando
Dos netos invade a sala...
Entram rindo e papagueando:
Este briga, aquele fala,
Aquele dança pulando...

A velha acorda sorrindo,
E a alegria a transfigura;
Seu rosto fica mais lindo,
Vendo tanta travessura,
E tanto barulho ouvindo.

Chama os netos adorados,
Beija-os, e, tremulamente,
Passa os dedos engelhados,
lentamente, lentamente,
Por seus cabelos doirados.

Fica mais moça, e palpita,
E recupera a memória,
Quando um dos netinhos grita:
O vovó! Conte uma história!
Conte uma história bonita!

Então,  com frases pausadas,
Conta histórias de quimeras,
Em que há palácios de fadas,
E feiticeira e feras,
E princesas encantadas...

E os netinhos estremecem,
Os contos acompanhando,
E as travessuras esquecem,
-Até que, a fronte inclinando
Sobre o seu colo, adormecem...
(Olavo Bilac)

"Ser vovó (ser mamãe) é babar retratinho dos netinhos (filhinhos) depois de tê-los desdenhado nos outros"...
Desde que tive meu primeiro filho... li esse pensamento acima e o compreendi bem... isso já se passaram 40 anos...
Ser mãe para mim é uma das minhas maiores alegrias... sempre digo aqui que quisera ter tido o número de filhos da minha vó Celina (12, fora os de criação) ou da Guiomar (5)...
Mas ser vovó... valha-me Deus! É "melhor" ainda?!
Creio que agora, já aposentada, tudo se concentra para eles... enquanto na época de ser mamãe tinha o trabalho árduo... casa para dar conta... marido... enfim, era como uma "guarda compartilhada"... agora, quando não há nada disso... sou toda livre para os pequerruchos... para esmerar-me nas lembrancinhas... mimos de todo tipo... um docinho especial por tal e tal ocasião ou sem ocasião alguma... toda concentração para agradar em cheio aos pequerruchos... travessos... até que os meus não são muito assim... caso contrário não teria mais tanto pique...
Bem, enfim, ser vovó é mesmo uma doçura só!
Vocês têm ciúmes da vovó?
Conheço quem o tenha!
Pena! O coração precisa ser muito duro para não se render aos encantos da vovó...
É tão bom ter avó ( como tenho saudade da minha: Celina) e ser vovó!

sábado, 19 de julho de 2014

Aniversário Comemorado





O irmãozinho também curte a festinha...






Fazer netinhos felizes
É o que mais desejo
Que importa se a vida não retribui?
O que conta é amar sem medida
Sabendo que, um dia,
Eles reconhecerão.

sábado, 12 de julho de 2014

Em Ritmo de Copa com Netinhos

















































Foi muito bom torcer, vencer, ficar em grupo... Afinal, acabou a copa em 2014...
Último jogo hoje pelo terceiro lugar do nosso querido Brasil...