domingo, 11 de agosto de 2013

Poema Para Netinho Dodói



Ao netinho com carinho

Peço a Deus por um momento

Que o netinho durma tranquilo

E ao seu lado permaneço

Cantando, à sua avozinha.

.

Suplico a Deus, com confiança

Que seu dodói vá embora

Canto, canto docemente:

Upa, cavalinho, borabora!

.

A fadiga não me toma conta

Cuido dele com carinho.

A Mãe das Mães me acompanha

Na doce melodia do dia a dia.

.

Nos debruçamos cantantes:

Dorme, dorme, meu benzinho!

Fica bonzinho depressa

P'ra ver feliz sua avozinha.



O dodói foi-se embora de vez... foi um tempo difícil... qual vovó não os teve?

"Crianças e anciãos constroem o futuro dos povos (...). Esse diálogo entre as gerações é um tesouro que deve ser conservado e alimentado. Nesta Jornada Mundial da Juventude, os jovens querem saudar os avós. Saudamos os avós!".
(Papa Francisco)



2 comentários:

  1. Que maravilha....ser vovó é um sonho.
    Beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  2. Hola Orvalho do Céu, buenos días, lindo poema, lleno de ternura, muchas felicidades, gracias amiga por compartirlo, te dejo un fuerte abrazo para ti, con cariño.
    Lola Barea.

    ResponderExcluir